Posts tagged "CIO"

O que deve estar na agenda dos CIOs?

2 de janeiro de 2020 Posted by Negócios, Tecnologia, Tendências 0 thoughts on “O que deve estar na agenda dos CIOs?”

Levantamento da Gartner mostra insights para líderes de informação e tecnologia.

“Há uma marcha implacável em direção à maturidade digital”. E mais: “o digital não é mais um diferencial”. Com essas frases categóricas – afirmações que já não são tão surpreendentes assim para você que acompanha o blog da GoToData e está ligado nas tendências –, o analista do Gartner Andy Rowsell-Jones apresentou os resultados da pesquisa CIO Agenda 2020

O levantamento, realizado anualmente pelo Gartner Inc., trouxe em sua última edição dados acerca dos processos de transformação digital. Dos mais de mil CIOs (Chief Information Officer) entrevistados, 40% afirmaram que conseguiram escalar iniciativas digitais que fomentaram a tecnologia para gerar mudanças significativas em seus negócios, o que representou um aumento de 17% em relação ao período anterior. 

Entretanto, a maior parte das organizações está só aprimorando os modelos de negócio já existentes, e não promovendo transformações a partir de suas vulnerabilidades. Desses insights surgem algumas dicas para enfrentar essas ameaças e os ciclos de disrupção digital:

  • É preciso analisar bem os horizontes do negócio e da empresa. Os melhores líderes examinam o contexto para identificar tendências e, assim, direcionam suas ações no sentido da onda de mudanças. Ao antecipar as curvas de mudança, consegue liderar seu time com coesão e sintonia.
  • Desenvolver processos e plataformas ágeis é outro diferencial. CIOs devem estar preparados para não apenas reagir, mas para sair na frente. 
  • É altamente valioso mostrar-se adaptável, dado o cenário de constante mudança. Equilíbrio entre planejamento e estratégias claras, de um lado, e capacidade de se adequar às demandas, de outro.
  • Também é importante para os CIOs investir com inteligência na tecnologia e construir relacionamentos sólidos. Quanto mais sintonizado está com os demais do C level, melhores os resultados e maior a capacidade de responder ao mercado. 

Rowsell-Jones dá ainda a tônica para o ano que está prestes a começar. Segundo ele, as empresas precisam estar preparadas para a eventualidade de crises, inflexões e disrupções: “O sucesso em 2020 significa aumentar a preparação da organização de TI e da empresa para suportar a interrupção iminente dos negócios, planejando-o com antecedência.”

O líder e a transformação digital

7 de agosto de 2019 Posted by Data Science, Negócios, Tecnologia 0 thoughts on “O líder e a transformação digital”

Gestores em tecnologia precisam estar antenados e ter visão sistêmica para liderar processo.

O século 21 consolidou a presença da internet e das novas tecnologias no cotidiano, resultando em uma das mudanças mais importantes de todos os tempos. Esses artifícios levaram a sociedade a mudar diversos hábitos e se acostumar a um ritmo completamente novo, o que não afetou somente a vida pessoal dos indivíduos e a forma com que eles se relacionam, mas também as empresas que se consolidaram antes da internet. Enquanto algumas delas se mantiveram resistentes a mudanças e acabaram se tornando obsoletas, como já dissemos aqui, outras empresas optaram pela Transformação Digital, utilizando a tecnologia a seu favor para ganhar mercado.

Resumidamente, a transformação digital é o uso da tecnologia para obter resultados para um negócio. Quando implementada, pode (e deve) ser aplicada em todas as áreas da empresa, trabalhando para integrar desde a cúpula estratégica até a base operacional, facilitando todos os processos. Também não há nenhuma restrição quanto ao tipo de empresa que pode se beneficiar por essa transformação, mesmo que não atue no segmento de tecnologia. Hoje, esse é um caminho sem alternativa equivalente. A transformação é imprescindível.

Normalmente o responsável pela implementação do processo de transformação digital em uma empresa é o CIO (Chief Information Officer), mas a aplicação dessas mudanças não deve se limitar a essa figura. É extremamente importante que haja uma aproximação dos gestores da empresa com o condutor do processo, para que a tecnologia funcione de forma coesa e orgânica no contexto organizacional.

Para que essas mudanças sejam aplicadas de forma eficiente, o CIO deve se manter atento a uma série de fatores, se atualizando constantemente e buscando informações sobre novas tecnologias disponíveis. O CIO também deve assumir a função de estrategista de negócios e se mostrar apto em habilidades analíticas, inteligência de negócios, machine learning e conhecimento em IA. As tecnologias low-code e no-code podem ser muito úteis, pois permitem a programação sem um conhecimento aprofundado em códigos, e é extremamente importante que o gestor entenda sobre as principais plataformas de nuvem do mercado, que devem integrar todo o sistema vigente na empresa.

Ao se aprimorar e buscar conhecer mais do processo de transformação digital, um CIO consegue nortear toda uma mudança estratégica e operacional dentro da empresa. As mudanças, se bem implementadas, podem ser significativas, tanto para o ambiente interno da empresa quanto em relação a experiência final de um cliente com a empresa.

O blog de ideias da GoToData

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn