Data Science salva vidas!

20 de setembro de 2019 Posted by Data Science, Pessoas, Tecnologia 0 thoughts on “Data Science salva vidas!”

A medicina está usando Inteligência Artificial e Machine Learning para aprimorar seus serviços.

A Inteligência Artificial e o Machine Learning possuem grande potencial transformador nos serviços de saúde. Os fabricantes de dispositivos médicos estão aproveitando a quantidade imensa de dados que são gerados todos os dias na área para desenvolver tecnologias e inovar seus produtos. Avanços na detecção precoce de doenças, diagnósticos mais precisos, identificação de novas observações ou padrões na fisiologia humana e desenvolvimento de diagnósticos personalizados estão no radar.

Os softwares destinados para fins médicos são os grandes alvos da IA e do Machine Learning. O Fórum Internacional de Reguladores de Dispositivos Médicos (IMDRF) define Software como Dispositivo Médico (SaDM) como todo aquele que executa finalidades médicas sem fazer parte de um hardware. A área já recebeu diversos avanços, mas os SaDM ainda podem se aprimorar conforme se evoluem as tecnologias de IA e ML, melhorando diretamente os cuidados de saúde dos pacientes.

Podemos citar alguns exemplos de SaDM baseadas em IA/ML, como o Software de Unidade de Terapia Intensiva, o Aplicativo Médico de Lesão de Pele e o Software de identificação de desvio de Tubos de Alimentação em Raios X. A seguir, vamos falar um pouco sobre eles.

O Software de Unidade de Terapia Intensiva com aplicação de IA/ML recebe eletrocardiograma, sangue, sinais de pressão e oximetria do pulso do paciente. Os sinais fisiológicos são processados e analisados para detectar padrões que ocorrem no início da instabilidade fisiológica. Se detectada, um sinal é gerado para indicação clínica imediata. Esse aplicativo conduz o gerenciamento clínico em uma situação crítica de saúde.

O Aplicativo Médico de Lesão de Pele com aplicação de IA/ML usa imagens tiradas pela câmera do smartphone do paciente para fornecer informações a um dermatologista sobre as características físicas de uma lesão cutânea. Isso permite que o médico rotule a lesão como benigna ou maligna. O aplicativo impulsionará o gerenciamento clínico em situações sérias de saúde.

O Software de identificação de desvio de Tubos de Alimentação em Raios X com aplicação de IA/ML analisa radiografias de tórax de pacientes internados após a colocação de um tubo de alimentação. Isso permite que o programa avalie quaisquer colocações incorretas e realize uma espécie de triagem, conduzindo o gerenciamento clínico em situações graves.

Esses são só alguns exemplos citados pela U.S. Food and Drug Administration (FDA), em um relatório que busca trazer uma discussão sobre a regulamentação e eventuais modificações a serem feitas em alguns destes softwares, no intuito de aumentar a precisão e melhorar a tecnologia atrelada ao sistema de saúde.

A Data Science está com um leque de aplicações cada vez mais amplo, e sua implementação pode ser extremamente benéfica, mudando drasticamente certos hábitos e costumes, além de melhorar a qualidade de vida, prospecção de negócios e impactando substancialmente áreas como a saúde. Quando bem explorada, ela pode fazer diferença e até salvar a vida de milhões de pessoas.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog de ideias da GoToData

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn